FUSQUEIRO NÃO PERDE A HORA!...

domingo, 23 de agosto de 2009

50 ANOS DO FUSCA NO BRASIL;






50 Anos da produção do 1º Fusca Nacional
No final de 1950 chegam ao Brasil os 30 primeiros Fuscas, que ficam na mão da BRASMOTOR, incumbida de vendê-los. Era o começo de um caso de amor entre o país e seu carro mais popular.
Tanto que, logo que desembarcaram no porto de Santos foram vendidas todas as unidades. Em março de 1953 a Volkswagem do Brasil se estabelece em um armazém na rua do Manifesto, no bairro do Ipiranga .
As peças vinham da Alemanha e eram montados no sistema de ckd Em 1956, a Volkswagen inicia a construção de sua fábrica de 10,2 mil metros quadrados no Km 23,5 da via Anchieta (São Bernardo do Campo - SP), e que ficou pronta em 1957.
Seu primeiro produto foi a Kombi e até 1957 mais de 2 mil Fuscas e mais de 500 Kombis foram montados. O número ainda era tímido, mas significativo.
A indústria automobilística brasileira dava seus primeiros passos. Se no começo da década de 50 o Fusca era importado, já no final, era produzido em fábrica brasileira.
O Fusca começa a ser produzido no dia 3 de janeiro de 1959, com um índice de nacionalização de 54%. A primeira unidade foi adquirida pelo empresário paulista Eduardo Andréa Matarazzo. No dia 18 de novembro do mesmo ano, a fábrica é inaugurada oficialmente. A Volks brasileira fecha o ano com 8.406 unidades vendidas.

Década de 60


No começo da década de 60 as ruas do Brasil aos poucos se davam conta do pequeno besouro que já estava caindo na graça da população, e começava a agradar a todos, não só no preço mas também na beleza do pequeno notável como era chamado, então a Volkswagem começou a inovar cada vez mais e a cada ano sempre tinha uma novidade no fusca.
O Fusca era um carro, que encarava qualquer tipo de estrada, debaixo de chuva ou de sol. Um carro econômico e popular que fazia até 10 km por litro na cidade. O dobro do desempenho dos importados que, cada vez mais, perdiam espaço nas ruas e estradas para o Fusca. Já em 1962, o Fusca era o líder do mercado brasileiro com mais de 31 mil unidades. Os anos 60 são anos de comemoração: em 4 de Julho de 1967 a Volkswagen comemora a marca de meio milhão de veículos produzidos no Brasil.





Década de 70
No começo da década de 70 A Volkswagem lança o fusca com roupagem nova mudando os para -choques, para -lamas e capus, na versão 1300 e 1500, mais conhecido como Fuscão, era mais luxuoso e vinha com cinto de segurança.
alguns diziam que o fusca perdeu um pouco do seu charme, mas a resposta veio em 1972 com a produção do milionésimo fusca, sendo que o fusca já era exportado para a Bolívia desde 1970 e posteriormente para mais 61 paises.
Com o sucesso das exportações a Volkswagem de São Bernardo do Campo jà não comportava mais a produção levando a VW optar a construir uma nova fabrica na qual também seria para a produção da Brasília que era um derivado do fusca .
Em 1973 foram vendidos mais de 224 mil unidades, 40% das vendas totais de automóveis no país.
1974 chegava o "Super-Fuscão", com motor mais potente de 1.600 cilindradas. Pouca gente diria que ao longo de sua trajetória, o Fusca passou por 2.500 modificações, umas mais visíveis, outras nem tanto. Mas nenhuma foi tão marcante quanto a das lanternas traseiras maiores, introduzidas em 1979. Imediatamente ganharam o apelido de "Fafá", como referência à cantora Fafá de Belém. Na década de 70 a Volkswagen chega à marca de um milhão de Fuscas produzidos no país.








Década de 80
Apesar de ser conhecido no Brasil como Fusca desde os anos 50, só em 1983 veio o "batismo" oficial. Afinal, a essa altura, o carro mais popular do país não era conhecido por um outro nome.
Mas a década de 80 também marca o final da produção do Fusca. Foi em 1986, quando a Volkswagen noticiou a descontinuidade do modelo e tocou fundo o coração de milhares de brasileiros.
Era o fim de uma época não só no Brasil, mas em quase todo o mundo. Sob o signo da modernização, a Volkswagen investe em tecnologia e introduz sofisticados robôs em suas linhas de montagem.
A produção do Fusca era extremamente manual para os anos 80 e o modelo não permitia o desenvolvimento de modelos derivados, o que se tornou uma característica dos carros mais modernos. Mas um dos fatores mais determinantes do fim do Fusca foi a grande queda em suas vendas, logo após a introdução da família BX (Gol, Voyage, Parati e Saveiro).





Década de 90
O que parecia impossível aconteceu. Em 1993, a pedido do então presidente Itamar Franco, a Volkswagen volta a fabricar o Fusca. A idéia era combater o desemprego, estimular a produção de automóveis e oferecer uma alternativa popular de carro.
Após oito meses de preparativos e investimentos de US$ 30 milhões, o Fusca estava de volta trazendo junto 800 novos empregos diretos, 24 mil indiretos e inovações que o faziam melhor do que o modelo retirado de linha sete anos antes. Vidros laminados, catalisador, barras estabilizadoras na traseira e na frente, pneus radiais, freio dianteiro a disco, reforço estrutural, cintos de segurança de três pontos são alguns exemplos de melhoras, sem falar nos avanços tecnológicos do processo produtivo.
Mas infelizmente em 1996 em definitivo o fusca deixa de ser fabricado no Brasil.










Créditos
Revista Auto Esporte - Julho de 1975
Revista Quatro Rodas
Jornal - O Estadão ( Jornal do carro)
Fotos e Texto
Valdir Mota
Ilustração
André Macedo - DP
Agradecimento especial
Aos Amigos Foristas
www.Forumfuscabrasil.com

3 comentários:

  1. para todos aqueles q adoram fusca
    é muto bom saber um pouco mais da historia de um dos simbolos nacionais um dos carros mais conhecidos do mundo

    ResponderExcluir

Ocorreu um erro neste gadget
Loading...

informativo:

*TODAS AS IMAGENS CONTIDAS NESSE BLOG,FORAM RETIRADAS DE OUTROS BLOGS,FORUNS OU ENVIADAS POR E-MAILS;PORTANTO NÃO SABEMOS A REAL PROCENDÊNCIA DAS MESMAS.CASO VOCÊ TENHA AQUI,ALGUMA IMAGEM QUE LHE PERTENÇA,ENTRE EM CONTATO PARA QUE POSSAMOS RETIRA-LA O QUANTO ANTES;
*DEVERÁ SER RESPEITADO QUALQUER TIPO DE ARQUIVO PROTEJIDO POR LEI;O USUARIO DEVERÁ APAGA-LO OU COMPRA-LO APÓS 24 HORAS;
*OS LINKS E ARQUIVOS QUE SE ENCONTRAM NO BLOG ESTÃO OSPEDADOS NA INTERNET;FAZEMOS TÃO SOMENTE A INDICAÇÃO DE ONDE POSSAM VIR ENCONTRA-LOS;
*NÃO OSPEDAMOS NENHUM TIPO DE DVD´S,CD´S,VIDEOS,MÚSICAS,FOTOS OU PROGRAMAS DE DISTRIBUIÇÃO ILEGAL;
*A AQUISIÇÃO DE ARQUIVOS VIA INTERNET É DE TOTAL RESPONSABILIDADE DO USUÁRIO;PORTANTO,NÃO NOS RESPONSABILISAMOS POR QUALQUER CONDULTA QUE VENHA A SER IRREGULAR;